Mês da Mulher: Conheça mulheres inspiradoras da literatura

📷: Canva

Nesta semana comemoramos no dia 08 o Dia Internacional da Mulher ou Dia da Mulher, hoje vou contar para vocês mais a respeito dessa data que nasceu no chão de fábrica, tem sua raiz trabalhista, além de apresentar mulheres inspiradoras da literatura.

A princípio, sabemos que por trás dessa celebração há uma luta de anos liderada por mulheres em meio a protestos e manifestações em busca da igualdade de gênero, da conquista dos seus direitos e do voto feminino. Igualmente na literatura, a presença da mulher fora marcada por diversas lutas na busca incessante para conquistar o seu espaço de direito na literatura. Por anos as mulheres se viram obrigadas a se esconder em pseudônimos masculinos para publicar suas histórias em livros e em jornais pelo mundo, somente em 1932 houve um grande marco nessa luta, pois foi nessa época que a autora Nísia Floresta Brasileira Augusta se tornou uma das primeiras mulheres da história do país a publicar seus textos em jornais.

Já a ideia de uma comemoração anual surgiu depois que o Partido Socialista da América organizou o Dia das Mulheres, em 20 de fevereiro de 1909, em Nova York — uma jornada de manifestação pela igualdade de direitos civis e em favor do voto feminino. Durante as conferências de mulheres da Internacional Socialista, em Copenhague, 1910, foi sugerido, por Clara Zetkin, que o Dia das Mulheres passasse a ser celebrado todos os anos, sem que, no entanto, fosse definida uma data específica. A partir de 1913, as mulheres russas passaram a celebrar a data com manifestações realizadas no último domingo de fevereiro. Em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro, no calendário juliano), ainda na Rússia Imperial, organizou-se uma grande passeata de mulheres, em protesto contra a carestia, o desemprego e a deterioração geral das condições de vida no país. Operários metalúrgicos acabaram se juntando à manifestação, que se estendeu por dias e acabou por precipitar a Revolução de 1917. Nos anos seguintes, o Dia das Mulheres passou a ser comemorado naquela mesma data, pelo movimento socialista, na Rússia e em países do bloco soviético.

Confira: 5 obras de literatura fantástica para você ler

Em 1975, o dia 8 de março foi instituído como Dia Internacional das Mulheres, pelas Nações Unidas. Atualmente, a data é comemorada em mais de 100 países — como um dia de protesto por direitos ou de edulcorada celebração do feminino, comparável ao Dia das Mães. Em outros países, a data é amplamente ignorada, porém a representatividade da mulher na literatura mundial ascendeu ao longo dos anos e hoje já contamos com grandes nomes de autoras mulheres que fizeram e fazem uma grande história na jornada literária.

Que tal reforçar a importância da mulher de ocupar esse espaço conhecendo brevemente a história de cinco autoras mulheres que deixaram sua marca na literatura?

Conheça cinco mulheres inspiradoras da literatura:

Dia da Mulher: Conheça mulheres inspiradoras da literatura

Agatha Christie, foi uma escritora britânica que atuou como romancista, contista, dramaturga e poetisa. Destacou-se no subgênero romance policial, tendo ganho popularmente, em vida, a alcunha de “Rainha/Dama do Crime” (“Queen/Lady of Crime”, no original em inglês). Durante sua carreira, publicou mais de oitenta livros, alguns sob o pseudônimo de Mary Westmacott.

Dia da Mulher: Conheça mulheres inspiradoras da literatura

Chimamanda Ngozi Adichie é uma feminista e escritora nigeriana. Ela é reconhecida como uma das mais importantes jovens autoras anglófonas de sucesso, atraindo uma nova geração de leitores de literatura africana. É autora dos romances Meio sol amarelo (2008) – vencedor do Orange Prize, adaptado para o cinema em 2013 –, Hibisco roxo (2011) e Americanah (2014), além da coleção de contos No seu pescoço (2009), todos publicados no Brasil pela Companhia das Letras. Sua obra foi traduzida para mais de trinta línguas e apareceu em inúmeros periódicos, como as revistas New Yorker e Granta. Chimamanda vive entre a Nigéria e os Estados Unidos. Juntas, suas conferências no TED já somam mais de 20 milhões de visualizações.

Cecília Meireles foi uma jornalista, pintora, poeta, escritora e professora brasileira. É um nome canônico do modernismo brasileiro, uma das grandes poetas da língua portuguesa e é amplamente considerada a melhor poeta do Brasil, embora tenha combatido a palavra poetisa por causa da discriminação de gênero. Como professora, ela fez muito para promover reformas educacionais e defendeu a construção de bibliotecas infantis.

Dia da Mulher: Conheça mulheres inspiradoras da literatura

Clarice Lispector foi uma escritora e jornalista brasileira nascida na Ucrânia. Autora de romances, contos, e ensaios, é considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX e a maior escritora judia desde Franz Kafka. Sua obra está repleta de cenas cotidianas simples e tramas psicológicas, reputando-se como uma de suas principais características a epifania de personagens comuns em momentos do cotidiano. Quanto às suas identidades nacional e regional, declarava-se brasileira e pernambucana.

Dia da Mulher: Conheça mulheres inspiradoras da literatura

Conceição Evaristo é uma linguista e escritora brasileira. Agora aposentada, teve uma prolífica carreira como pesquisadora-docente universitária. É uma das mais influentes literatas do movimento pós-modernista no Brasil, escrevendo nos gêneros da poesia, romance, conto e ensaio. Como pesquisadora-docente, seus trabalhos focavam na literatura comparada.

A luta de cada uma dessas mulheres foi grande para que hoje pudéssemos estar aqui lendo sobre suas conquistas. No entanto, ser mulher continua sendo uma batalha diária e ainda lutamos por igualdade de gênero em diversos âmbitos. Por isso a importância de exaltar as autoras femininas na literatura e indicar livros feitos por mulheres para elevar o trabalho feminino, valorizando a representatividade delas na literatura.

Qual é sua autora favorita? Conta pra gente nos comentários…
Vamos compartilhar nomes de autoras incríveis!

Fontes:
Blog da Letramento
Wikipédia
Texto postado originalmente no Blog Escritopias

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Tatiane Gimenes

Tatiane Gimenes

Tatiane é escritora, professora e idealizadora do Blog Escritopias. Entre uma leitura e outra, ela divide a sua paixão por escrever com o seu amor pela Educação. Sua missão é divulgar a literatura e a cultura por meio das suas escritas.

Este post tem um comentário

Deixe um comentário