Turismo e poesia se misturam na vida da escritora Keisy Santos

Turismo e poesia se misturam na vida da escritora Keisy Santos

Keisy Santos é uma autora com diversos gostos e habilidades diferentes. Desta forma, turismo e poesia se misturam na vida da escritora que atualmente é guia de turismo em Campos do Jordão (SP). Aos 33 anos, ela se aventura escrevendo temas aleatórios, gostando de escrever principalmente sobre amor, amizade, fé, natureza e alguns temas de inclusão ou repercussão, como por exemplo, autismo, preconceitos raciais e entre outros. Confiram a seguir entrevista completa:

Leia também: Criação de logomarca: a importância de um profissional qualificado nesse processo

SP – Primeiramente, um resumo sobre quem é keisy?

KS – Sou a Escritora Keisy Santos, tenho 33 anos. Nasci em São Paulo capital, porém saí de lá quando tinha 3 anos e fui morar na cidade de Santo Antônio do Pinhal até os meus 13. Depois disso vim morar em Campos do Jordão, cidade onde resido desde então. Sou formada em Letras pela Universidade de Taubaté, mas não atuo na profissão. Sou Guia de Turismo aqui em Campos do Jordão desde 2012 devidamente credenciada no Cadastur ( ministério do turismo). Sou solteira, sem filhos e moro com minha mãe, meu lindo irmão autista e o meu padrasto.

Além de escrever, adoro ler, principalmente autores nacionais contemporâneos. Gosto muito de romances, dramas e suspense. E, poesia, claro! Estou começando a me aventurar no gênero fantasia/ distopia. Já terror e policial ainda não consegui me aventurar. Adoro ouvir músicas, gosto de músicas antigas ( anos 60, 70, 80,90), MPB e sertanejo raiz.

Também adoro dançar forró! Adoroo messssmo!

Assistir séries, The Good Doctor Game Off Thrones, Anne with an e, Manifest e Stranger Things são as minhas preferidas. Também amo viajar! Simplesmente adoro estar na presença da minha família e amigos.

Capa do primeiro livro da autora.

SP – Quando e como iniciou sua carreira de escritora?

KS – Comecei a escrever minhas primeiras poesias aos 12 anos e desde então nunca parei, porém eu tinha muita vergonha dos meus escritos. Fui só perder a vergonha quando um dia, em um evento da faculdade, meu amigo Arthur disse que eu deveria ler para o auditório que estava lotado, pois eu tinha talento e todos deviam conhecer. Foi onde eu tomei coragem e fui muito aplaudida naquele dia. E a partir dali comecei a divulgá-los nas redes sociais ( blog e etc). Atualmente, tenho dois livros de poesias publicados que são: Descreversos e Majestosa Campos do Jordão.

SP – Como foi o processo de escrita de descreversos e Majestosa Campos do Jordão?

KS – Descreversos, meu primeiro livro, nasceu da ideia antiga de querer organizar minhas poesias em um livro. Por esse motivo, eu separei em categorias (românticas, reflexões, homenagens, natureza). O objetivo inicial era reunir todas as minhas poesias nesse livro, mas ficaria inviável, primeiramente porque muitas se perderam com o tempo. Outra porque o livro ficaria muito grande. Naquele primeiro momento eu não pensava na hipótese de um segundo livro.

Já Majestosa Campos do Jordão, nasceu em 2020 no período da pandemia, eu estava conversando com uma amiga e eu estava muito triste porque meu setor estava parado e sem previsão de retornar. Foi aí que ela me deu a ideia de escrever poesias sobre Campos do Jordão e seus pontos turísticos e colocá-los em um livro. O processo de escrita de Majestosa Campos do Jordão foi muito mais rápido que Descreversos, em um mês todas as poesias do livro já estavam prontas. O que demorou mais foi o processo de elaboração de capa e formatação para publicar na Amazon.

O segundo livro da autora une poesia e turismo, inspirados em sua cidade.

SP – Como a poesia entrou na sua vida?

KS – Convivo com a poesia desde que me conheço por gente. Meu tio e minha prima ( não são pai e filha, tá? Ele é meu tio de primeiro grau e ela minha prima de segundo grau) escreviam poesias, e eu sempre ficava encantada com a escrita dos dois. Sempre me perguntava se algum dia eu ia conseguir escrever alguma poesia. Comecei trocando frases e versos de algumas músicas que eu gostava ( principalmente Sandy e Júnior, na época, devia ter cerca de 10 anos), até que quando vi, finalmente, escrevi a minha primeira poesia sozinha.

SP – Sobre o que costuma escrever, o que te inspira?

KS – Meus temas são bem aleatórios, gosto de escrever sobre amor, amizade, fé, natureza e alguns temas de inclusão ou repercussão/polêmicos ( autismo, ser contra o preconceito de negros e indígenas, etc).

SP – Teremos novos lançamentos seus em breve? Pode adiantar algo?

KS – Estou escrevendo um romance focado no espectro autista. A ideia inicial era para ser um conto, mas os personagens foram pedindo para escrever mais sobre eles (risos). Como é meu primeiro romance, vou precisar de mais tempo para escrevê-lo, então ainda não tenho previsão de lançamento.

SP – Em quais outros projetos podemos acompanhá-la?

KS – Eu tenho alguns IG no Instagram, um para cada projeto. Tenho o @keisyguiatour onde divulgo o meu trabalho como Guia de Turismo aqui em Campos do Jordão. Tenho o @leiturasdakeisy onde divulgo as minhas resenhas, indico autores, principalmente, muitas autoras nacionais do qual sou parceira e o @respirodaalmaa que tenho em parceria com a minha amiga Diana onde buscamos levar mensagens de luz, paz e esperança para todos.

SP – Algo que queira acrescentar?

KS – Eu queria agradecer primeiramente a Deus pelo dom da escrita, a Suh, por essa oportunidade de ser entrevistada por ela. Agradecer aos meus leitores e seguidores que sempre acompanham o meu trabalho, elogiam ou deixam suas críticas construtivas para que eu sempre busque evoluir, agradeço aos meus parceiros queridos, que tanto me ajudam nas divulgações, banners e etc. E pedir, a você, querido leitor, dê uma chance para os autores nacionais, há muitos talentos escondidos por aí, esperando somente a oportunidade de serem lidos por vocês.

E para quem não gosta muito de poesias, dê se a chance de ler de novo, as minhas poesias são de versos simples e de fácil entendimento, procure sair fora da caixinha e deixa a poesia e os autores nacionais contagiaram você.

Gostou do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on twitter
Suelen de Paula

Suelen de Paula

Suelen é jornalista e escritora. Apaixonada por livros e séries, compartilha sua jornada Antes dos 30 anos pelo IG Literário @antesdos30_suh .

Este post tem 3 comentários

  1. Guinho Monteiro

    Adorei a entrevista! Muito orgulhoso, amiga! Parabéns pelo seu talento! 💗😍😍😍

    1. Que bom que gostou, Guinho! Volte mais vezes, sempre estou trazendo autores maravilhosos que você vai amar conhecer <3

  2. Adorei conhecer mais a Keisy e seus projetos, ela arrasou na mensagem final 🐼💜

Deixe um comentário